Bruins começa a campanha em busca da Stanley Cup

Primeiro de tudo gostaríamos de pedir desculpa pela falta de review desses primeiros jogos. Apesar de torcedores fanáticos do Bruins, não podemos nos desvencilhar dos problemas do cotidiano. Dito isto, vamos ao que interessa.
Os quatro primeiros jogos da temporada 2013-2014 mostraram que o time ainda está buscando entrosamento com Iginla e Eriksson. Na visão deste quem vos escreve é apenas uma questão de tempo, pois ambos se encaixam perfeitamente na filosofia "defender primeiro". 
Sobre as partidas, basicamente o time mostrou a mesma característica e que vem incomodando nas últimas temporadas, ou seja, tem bastante dificuldade com times "menores" e "mais rápidos". Isso foi o que vimos principalmente contra o Avalanche e de certa forma contra o Blue Jackets, oportunidades em que Boston teve que se adaptar à situação. Nos dois primeiros jogos (Red Wings e Lightning) vimos um predomínio mais acentuado, já que os adversários adotam um estilo de jogo mais favorável ao do Bruins. 
Ponto positivo, até o momento, fica por conta do powerplay, que tem demonstrado estar mais perigoso. Certamente isso é influência da habilidade e velocidade de passes de Krug e Hamilton. Com eles no gelo, Claude Julien optou por uma nova formação em que o Chara torna-se o homem a fazer a barreira na frente do goleiro adversário. Foi uma mudança importante, pois apesar do capitão do Bruins ter hoje o chute mais potente da NHL, por outro lado não tem a mesma velocidade de passe que os dois jovens defensores. Ofensivamente, no geral, o time tem criado mais oportunidades de gol, mas ainda precisa melhorar um pouco mais na qualidade dos passes, para assim suplantar o jogo defensivo de alguns times, como no caso do Avalanche, quando a ofensiva de Boston parou em Giguere. 
Outro aspecto importante, Julien tem modificado o time com mais frequência, por exemplo na partida de ontem contra o Blue Jackets, em que a partir do segundo período vimos Marchand sendo deslocado para a terceira linha dada sua falta de produtividade.
Em suma, penso que tivemos um bom início, claro que é preciso melhorias, mas como uma primeira visão foi algo que certamente pode deixar na mente que o Bruins será novamente fortíssimo candidato ao título da Stanley Cup.

Continue lendo >>

Peter Chiarelli renova contrato com o Bruins

Após mais de um mês sem notícias relevantes devido a offseason, a torcida do Bruins pode comemorar agora uma agradável: Peter Chiarelli renovou hoje seu vínculo com o Black&Gold por mais quatro temporadas, permanecendo assim em Boston até pelo menos a temporada 2017-2018.

Chiarelli é o gm que conseguiu reconduzir o Bruins para uma nova era de vitórias. Desde sua chegada, em 2006, o time só perdeu uma vez os playoffs, exatamente naquele ano, desde então não mais deixou de marcar presença, além de ganhar o título da temporada 2010-11 e o vice-campeonato na temporada passada.

Continue lendo >>

[Podcast] Off- Season 2013 - Tyler Seguin Negociado - Chegada de Iginla - Realinhamento - Notícias da NHL em geral!!


Confiram mais uma edição do BruinsCast Brazil! Analisamos as últimas negociações realizadas pelo Boston Bruins, dentre as quais, a saída de Tyler Seguin, a chegada de Eriksson e Iginla. Tratamos também sobre as principais negociações realizadas nessa OFF-Season. Por fim, comentamos sobre as alterações que a liga sofrerá para a próxima temporada, sanando todas suas dúvidas sobre o novo realinhamento. Contamos com a presença especial de Thiago Leal, editor do blog Extra Time. 

Continue lendo >>

Patrice Bergeron e Tuukka Rask renovam contrato com o Bruins

No mais esperado desfecho da offseason, Peter Chiarelli, GM do Bruins, anunciou nessa semana a renovação contratural de Bergeron e Rask. Como especulado, ambos por 8 anos, só mudando os valores e termos contratuais. Bergeron receberá US$ 52 milhões, com cap hit de US$ 6.5 milhões e full NMC - no movement clause - Rask receberá US$ 56 milhões, com cap hit de US$ 7 milhões, full NMC até tempora 2016-17 e depois modificada NTC - no trade clause -, onde ele teria que submeter uma lista de times pelos quais aceitaria uma troca.

Devido à condição de RFA, Rask talvez fosse a negociação mais complicada, em face ao receio de uma offer sheet por outro time, como reflexo tivemos um salário relativamente alto para o goleiro nº 1 do Black and Gold. Como opinião pessoal não gostei dos termos do contrato, Rask foi bem nessa curta temporada e em grande parte dos playoffs, mas precisa provar seu valor em uma temporada completa.

Sobre Bergeron a situação era mais tranquila, já que o atacante ainda tinha mais um ano de contrato e como da última vez, acertando sua permanência bem antes de se tornar free agent. Pelo fato de hoje ser considerado um dos melhores atacantes defensivos da liga, vencedor do Selke Trophy em 2011-12 e vice em 2012-13 (aliás, muito contestado o resultado), esperava-se um salário mais alto, mas o que vimos foi que Bergeron deixou certamente de ganhar mais dinheiro e assim pavimentar o caminho para se tornar uma lenda em Boston.

Continue lendo >>

Mais rumores: Kelly, Marchand e Boychuk poderiam ser objetos de trocas

As especulações continuam em Boston e notícias dão conta de que Marchand, Boychuk e Kelly estariam sendo discutidos com outros times. O grande objetivo de Peter Chiarelli, GM do Bruins seria o de evitar um cap penalty na próxima temporada, isto é, uma diminuição no teto salarial por causa de performances bonuses, que são uma espécie de premiação extra por desempenho. Somente jogadores em entry level contract e com mais de 35 anos podem ter este tipo de bônus. 

Fiquem ligados, assim que tivermos maiores informações estaremos divulgando no blog.

Continue lendo >>

[Podcast] Fim da Temporada 2013 - Análise - OFF-Season e Free Agency


Confiram mais uma edição do BruinsCast Brazil. Analisamos a última temporada[2013], traçando quais eram nossas espectativas e se de fato foram concretizadas, além da reação sobre o desfecho da série final contra o Chicago Blackhawks. Comentamos ainda sobre a OFF-Season e a prévia do Free Agency. Quem sai? Quem fica? Como está o teto salarial  após nova CBA? Todas essas resposta você terá nessa edição!

Continue lendo >>

Free Agency: Iginla assina com Bruins

Classificado como altamente improvável, hoje o mundo do hockey surpreendeu-se com Iginla indo para Boston. Após o fiasco durante a trade deadline, quando o próprio jogador vetou sua transferência para o Black and Gold, e quando o plano A e B haviam falhado (Alfredsson e Ryder, respectivamente), tudo parecia caminhar para uma solução de substituição de Horton via troca, porém Boston e Iginla chegaram a um acordo no começo da noite desta sexta-feira e o jogador fica por um ano em Beantown. 

Durante os playoffs, Iginla foi muito vaiado quando Boston e Penguins enfrentaram-se no TD Garden, e agora, qual será a reação dos torcedores?

Continue lendo >>
http://img42.imageshack.us/img42/1869/transparentad.png